Pará

Pará

  • Reuniões com o Governo sobre medidas de apoio financeiro às empresas para amenizar os impactos da pandemia – parcelamentos de tributos e obrigações acessórias, entre outros pleitos;
  • Orientações e divulgação para os empresários de medidas para conter a transmissão do coronavírus como proteção aos clientes e colaboradores;
  • Disseminação e pleitos referentes ao Fundo Esperança do Governo do Estado – criado pela Lei no 9.032, de 20/03/2020 – com posicionamentos sobre a insuficiência dos recursos e também a limitação do alcance quanto ao porte dos estabelecimentos e pleitos visando à extensão para outros portes e  ampliação dos valores;
  • Participação no comitê de crise criado pelo Governo do Estado do Pará para tratar dos impactos econômicos causados pela covid-19;
  • Divulgação de orientações sobre as medidas estabelecidas no período de lockdown – Decreto Municipal no 729, de 05/05/2020;
  • Defesa perante o Governo Municipal e o Ministério Público com apresentação de estudos econômicos sobre as consequências do lockdown para as atividades de comércio e serviços, o emprego e a renda da população;
  • Elaboração e entrega ao Governo do Estado de proposta para a reabertura e retomada das atividades econômicas, com contribuições e sugestões de protocolos para alguns ramos de atividade;
  • Participação no comitê de crise e econômico criado pela Prefeitura Municipal de Belém para tratar dos impactos econômicos, além de estudos dos impactos e projeções estatísticas do potencial de ocupados e consumidores a partir da liberação por etapas das atividades econômicas;
  • Elaboração e disseminação na imprensa dos estudos da Fecomércio-PA: Impactos  da Pandemia de Covid-19 para o Comércio, Serviços e Turismo e Perdas para o Comércio com a crise da Covid-19;
  • Orientações sobre as Medidas Provisórias (MP) 927, 936, 944 e 948 e o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe);
  • Apoio à subscrição de documento da ACP enviado ao Banco Central cobrando agilidade e desburocratização na liberação de recursos referentes às medidas para mitigar os efeitos econômicos da crise da covid-19, cujos recursos financeiros estavam travados pela rede bancária e dificultando o acesso para as empresas de todos os portes;
  • Realização da pesquisa Análises da Covid-19 vs Empresários Paraenses, Dilemas e Incertezas, em parceria com a FACIAPA;
  • Ações de combate à Covid-19 no centro comercial de Belém, Pará, e em outras áreas de comércio, com sanitização, pulverização, higienização das lojas, entrega de kits com material de proteção (máscara, álcool em gel 70% e cartilha com os cuidados e dicas para ajudar os comerciários na volta ao trabalho), orientações sobre adoção dos protocolos e prevenção à saúde. Ação realizada pelo Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-PA, em parceria com o Sindilojas Belém;
  • O Sistema Fecomércio-PA distribuiu em algumas lojas totem com dispenser de álcool em gel e tapete sanitizante para higienização de clientes e funcionários;
  • As equipes de saúde do Sesc e Senac estão indo diariamente ao comércio para oferecer orientações sobre saúde e combate ao vírus, devidamente identificadas com camisas Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-PA  no combate ao Coronavírus.
  • Para demonstrar apoio aos profissionais da saúde que estão trabalhando sem parar contra a pandemia de coronavírus, o Sistema está produzindo e doando, de segunda a quinta, almoço para os profissionais de saúde do Hospital Regional Dr. Abelardo Santos, no município de Belém, que passou a atuar como urgência e emergência exclusiva para pacientes com sintomas de síndrome aguda respiratória relacionados à suspeita ou diagnóstico do novo coronavírus; e
  • Campanha de apoio com incentivo às compras no comércio Local.
  • Adotou ações informativas de prevenção ao contágio tanto para os colaboradores e rede de alunos quanto para a sociedade, por meio de mídias digitais;
  • Realizou a interlocução com as 512 empresas do Programa de Aprendizagem Profissional Comercial para acompanhar medidas tomadas nos contratos de aprendizagem;
  • Está trabalhando em soluções tecnológicas na oferta de aulas remotas e atendimento por meio digital para turmas em andamento, inclusive preocupando-se em consultar os alunos sobre disponibilidade de estrutura tecnológica em casa para participar de aulas remotas. Alunos que não contarem com estrutura tecnológica para aula remota não serão prejudicados, pois o Senac Pará oferecerá um cronograma de reposição de aulas;
  • Projeto Aula Aberta Senac, que consiste em uma série de lives pelo Instagram, onde a cada semana um instrutor da instituição aborda um tema atual e relevante, que gerem novos conhecimentos;
  • O atendimento ao público foi mantido por meio virtual, através dos canais de comunicação como site, e-mail da central de atendimento e redes sociais;
  • Foram adquiridas 800 máscaras, que estão sendo distribuídas para os colaboradores de todas as unidades do Senac Pará.  O Senac também estará providenciando a confecção de 1.000 máscaras para entregar a comunidades carentes; e
  • O Senac Pará está promovendo aperfeiçoamento de seus colaboradores no período da quarentena, por meio da realização de 36 cursos disponíveis na plataforma nacional Transparência e Unicidade Senac, que dispõe de cursos totalmente on-line para qualificação dos empregados da instituição.
  • Clínicas odontológicas estão funcionando para atender casos de urgência e emergência nos municípios de Ananindeua, Marabá, Paragominas, Altamira, Tailândia, Itaituba, Capanema, Castanhal, Redenção, Santarém e Rondon do Pará. Com todos os cuidados de proteção exigidos pelo Ministério da Saúde e OMS;
  • Escolas de Castanhal e Ananindeua estão tendo aulas on-line;
  • Campanha Compra Solidária do Mesa Brasil e Atacadão – os donativos serão distribuídos pelo Mesa Brasil Sesc, pela ONG Amigos do Bem e outras ONGs. A campanha já arrecadou quase 1 tonelada de alimentos;
  • Ações de orientação sobre distanciamento e uso de máscaras nas unidades que estão com atendimento administrativo e de emergência;
  • O Mesa Brasil recebeu e distribuiu 3.000 panetones para instituições socioassistenciais que trabalham com famílias e entidade de longa permanência. Assim como 7.900 quilos de iogurte flamboyant;
  • O Mesa Brasil Sesc Pará também recebeu do Banco Internacional de Alimentos recurso para a compra de 5.000 cestas básicas para a distribuição em instituições cadastradas;
  • A live dos artistas Caio Vitor&Tinan  arrecadou 3.  de alimentos, 266 cestas, 250 pães e 760 máscaras descartáveis em Marabá; e
  • Além disso, estamos sempre informando nas redes sociais quais as melhores medidas de prevenção para a população.

Share this post

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *