Espírito Santo

Espírito Santo

Propostas em favor do empresariado:

  • Criação de um comitê que inclua lideranças empresariais, com objetivo de acompanhar e estabelecer estratégias para manutenção e proteção da saúde dos funcionários e clientes em virtude da pandemia;
  • Permitir que as empresas operem com horário ampliado, para evitar aglomerações, e que possam distribuir os atendimentos;
  • Estabelecer a quarentena e isolamento para os grupos de risco, liberando parte da força de trabalho para retorno às atividades, priorizando o home office quando possível;
  • Determinar o funcionamento das indústrias do comércio e de serviços, mesmo que seja em regime de escala com suas equipes alternadas, caso o setor produtivo tenha essa possibilidade (adequando a cada tipo de segmento);
  • Criação de canais de atendimento via WhatsApp, telefone e e-mail por parte de todos os órgãos estaduais, para recebimento de documentos e solicitações com atendimento imediato, maximizando a automatização dos processos e a digitalização do governo;
  • Determinar aos segmentos de serviços, comércio varejista e atacadista que mantenham o controle de acesso dos clientes, respeitando as distâncias mínimas e fornecendo meios para a higienização dos colaboradores e clientes;
  • Fornecer equipamentos de proteção para os colaboradores de vendas, produção e entrega que possam, de alguma forma, ter contato com outras pessoas;
  • Garantir aos colaboradores enquadrados no grupo de risco que fiquem de quarentena;
  • Retorno de atendimento mínimo em todos os órgãos da administração pública direta;
  • Veto de qualquer legislação que controle preços de mercado, por compreender que resultam inevitavelmente em redução de oferta e escassez de produtos essenciais, além de sua inconstitucionalidade;
  • Possibilidade de retirada de produtos no local, através do sistema de drive-thru, ou em outro ponto no estabelecimento;
  • Campanhas publicitárias de conscientização sobre a necessidade de retomada econômica e, pelo momento, de minimização do medo de sair de casa incutido na população.
  • O Senac EAD disponibilizou, em sua plataforma de ensino on-line, milhares de vagas em cursos GRATUITOS – já foram realizadas 739 matrículas. São cursos livres e extensões universitárias, nas áreas de Educação, Gestão e Saúde, entre outras;
  • Está promovendo uma série de lives com dicas para o setor de comércio e serviços, com conteúdos práticos e muito proveitosos para serem aplicados nos negócios do dia a dia, desenvolver a carreira ou aprimorar técnicas e ainda tirar dúvidas;
  • Disponibilizou para alunos, colaboradores e docentes do Senac acesso a mais de 600 títulos de livros para ler onde e quando quiserem por meio do aplicativo Biblioteca Digital Senac;
  • Criou vídeos educacionais voltados a temas pertinentes à formação profissional, com tradução na linguagem de sinais, a serem disponibilizados nos canais de divulgação do Senac (Instagram e Youtube). Os vídeos estão sendo elaborados por instrutores do Senac.
  • O Sesc lançou a Cartilha Saúde Mental em tempos de Coronavírus; e
  • Campanhas de doações ao Mesa Brasil Sesc.
  • O Programa Mesa Brasil mantém assistência de combate à insegurança alimentar e ao desperdício durante a pandemia do coronavírus.

Share this post

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *